cirurgia refrativa

6
abr

CIRURGIA REFRATIVA A LASER – técnicas sem corte, 100% a laser.

 

A cirurgia a laser é uma técnica utilizada para a correção dos graus de miopia, hipermetropia e astigmatismo através da alteração da curvatura da córnea. Feixes de laser precisos são aplicados sobre a córnea com o objetivo de remodelar a óptica ocular, proporcionando uma visão mais nítida.

O objetivo da cirurgia refrativa é tornar a pessoa independente do uso de óculos ou lentes de contato.

As técnicas cirúrgicas a laser existentes são: PRK, I-LASIK e SMILE.

Consiste na criação de uma lamela (flap) para a posterior aplicação dos feixes de laser na parte central da córnea. O flap é criado com o auxílio do laser de femtosegundo, o qual tornou a cirurgia mais previsível, precisa e mais segura. O I-LASIK tem como vantagem a recuperação visual mais rápida e o fato de não utilizar o microcerátomo (aparelho usado para a técnica de LASIK antes do advento do laser de femtosegundo) para o corte da lamela, reduzindo complicações.
Consiste na remoção da camada mais superficial da córnea (epitélio) e subsequente aplicação dos feixes de laser. O PRK tem como grande vantagem o altíssimo nível de segurança, especialmente em paciente com córneas mais finas ou leves alterações em sua curvatura.
Consiste na remoção de uma fina lamela interna da córnea o qual é confeccionada pelo laser de femtosegundo, com conseqüente remoção manual desta. Técnica inovadora, sem a criação de flaps na porção anterior na córnea, torna a cirurgia mais segura. O SMILE tem como principal vantagem o fato de não confeccionar o flap, sendo utilizada em casos de córneas finas, intolerância a lentes de contato e olho seco.

Todas as técnicas cirúrgicas são realizadas com colírio anestésico, sem necessidade de sedação ou anestesia geral, pois são procedimentos indolores e rápidos.

A recuperação visual em geral ocorre em até 30 dias, podendo ocorrer instabilidade do grau dentro dos primeiros 6 meses.

O tempo de afastamento do trabalho em geral é de 3 a 7 dias.

A cirurgia a laser, como qualquer cirurgia, envolve potenciais riscos. Porém, quando a cirurgia é bem indicada, por profissionais especializados no assunto, e realizada com equipamentos de última geração, as chances de complicações são mínimas.
Para ser submetido à cirurgia é necessário atender os seguintes critérios:

  • Idade superior a 18 anos
  • Ausência de doenças oculares
  • Estabilidade relativa do grau (mudança menor que 0.50 dioptrias no último ano)
  • Ausência de gravidez
Além disso, exames específicos para avaliar a eficácia e segurança do procedimento devem ser realizados, como:

  • Refratometria: medida do grau
  • Tonometria: medida da pressão intra-ocular
  • Mapeamento de Retina: avaliação do fundo de olho
  • Topografia: medida da curvatura da córnea
  • Paquimetria: medida da espessura da córnea
  • Tomografia (Orsbscan, Pentacam, Galilei ou OCT): medida detalhada da córnea e segmento anterior
  • Wavefront: medida das aberrações oculares
Agende a sua consulta para que a nossa equipe avalie o seu caso.